Museus a inaugurar em 2020 que não pode perder

0 comentários

Já a preparar as suas escapadas para 2020? Estamos certos de que, este ano, vai querer visitar novos destinos e conhecer tudo o que eles têm para oferecer. Uma das atividades estrela para todos os que gostam de viajar consiste em visitar os pontos mais relevantes dos seus destinos, como monumentos e outros edifícios, entre os quais se contam, inevitavelmente, os museus. E já que falamos de museus, vamos avançar-lhe umas dicas sobre os novos museus com abertura programada para 2020. Esperamos desde já que tenha a sorte e a honra de ser um dos seus primeiros visitantes!

Grande Museu Egípcio (Gizé, Egito):

Como já adiantámos num artigo anterior, 2020 é o ano da inauguração deste tão esperado museu. Após várias complicações e adiamentos, parece que, finalmente, os maiores tesouros do Egito estarão reunidos sob o mesmo teto… um pequeno espaço com nada mais nada menos que 500.000 metros quadrados… Onde poderemos encontrar a maior coleção alguma vez reunida de artigos dedicados a uma única civilização. O objetivo é mostrar e ensinar a história do Egito através dos seus objetos e artefactos, alguns dos quais nunca tinham sido expostos anteriormente. É grande a expectativa de ver os tesouros que foram extraídos das famosas pirâmides… E não o pode perder!

Museu Egito.

Novo Museu do Oeste Australiano (Perth, Austrália):

O New Museum for Western Australia tem um objetivo muito bonito: divulgar a história dos habitantes e lugares desta zona da Austrália, esparsamente populada e quase selvagem também, o que lhe transmite certo toque de mistério. Como indicado no seu projeto, este é um museu baseado no princípio de “People First”, ou seja, as pessoas primeiro, distribuído por diversas áreas: antropologia, arqueologia e arqueologia marinha, zoologia aquática e terrestre, história e história marítima, planetologia  e conservação de materiais. Ao longo dos seus 6.000 metros quadrados, encontrará de tudo relacionado com a zona que apresenta: de elementos comuns de uso quotidiano a antiguidades, passando por um grande espaço educativo, interativo. 

Museu da Academia de Cinema (Los Angeles, Estados Unidos):

Para dizer a verdade, surpreende-nos que este museu ainda não existisse. Exclusivamente dedicado ao ramo do cinema, este museu fará as delícias dos amantes da sétima arte. Milhares de fotografias, pósteres e guiões de filmes, a par de um sem fim de artigos relacionados com esta arte serão exibidos no edifício histórico May Company Building, entretanto renovado. Objetos únicos e de coleção, como maquetes de filmes, farão a muitos de nós reviver, uma e outra vez, aquilo que certos filmes nos fizeram sentir quando os vimos pela primeira vez. E, a partir do seu terraço, poderá desfrutar das melhores vistas das colinas de Hollywood.

Museu da Academia de Cinema, Los Angeles.

Museu de Munch (Oslo, Noruega):

A juntar à multidão de pontos de interesse que possui, a cidade de Oslo vai inaugurar na primavera de 2020 este museu, dedicado á obra de um dos seus mais famosos representantes: Munch. Na verdade, este museu já existia, mas, por já acusar o peso dos anos, foi decidida a construção de um novo, dado a assim a um dos mais ilustres representantes da terra o lugar que merece: um edifício de 13 andares, com 26.000 metros quadrados… tudo é pouco para um grande artista! Em 7 destes andares poderá admirar mais de 28.000 obras do artista, ficando os demais ocupados por exposições temporárias de outros artistas de relevo, tanto noruegueses como internacionais. Caso opte por o visitar, terá à sua espera uma agenda repleta de recitais, concertos e outras atividades culturais.

Museu das Coleções Reais (Madrid, Espanha):

Após vários atrasos, tudo aponta que 2020 seja o ano da sua abertura. Numa extensão de 50.000 metros quadrados, no interior do Palácio Real de Madrid, pretende-se dar a conhecer a história da monarquia espanhola, da Idade Média a Juan Carlos I. Uma seleção de cerca de 700 obras estará ao dispor do público em geral, contando com objetos como carruagens, obras de arte como pintura e esculturas, tapeçarias, manuscritos etc.

Palácio Real de Madrid.

Escreva seu comentário

0 Comentários

O que você acha?