Andaluzia, o destino estrelado da península

0 comentários

*Conteúdo patrocinado pela Junta de Andalucía

A região da Andaluzia oferece uma infinita variedade de opções, pois além de suas magníficas praias, possui um interior e uma serra únicos. Venha conhecer a terra da História, da Cultura e das Boas Tradições, com letras maiúsculas! E não deixe de se perder nos seus cantos mágicos. Estás preparado?

Mesquita de Córdoba, um templo digno de todo tipo de elogio.

Se algo caracteriza a Andaluzia, é a riqueza cultural que as diferentes civilizações deixaram para trás, dando origem a um imenso legado de monumentos e sítios arqueológicos que o farão viajar no tempo. É o caso da Alhambra de Granada, o monumento mais visitado de Espanha; a Mesquita de Córdoba, um templo digno de todo tipo de elogio; ou a Catedral de Sevilha, com sua inconfundível torre minarete, a Giralda, que se eleva rasgando o céu e podendo ser vista de qualquer ponto da cidade. Também vale destacar a Arte Rupestre Levantina da região, manifestações pictóricas dispostas em abrigos ou paredes verticais consideradas Patrimônio Mundial. Estas obras, cuja origem se perde no início dos tempos, podem ser vistas nas províncias mais orientais, como Jaén, Granada ou Almería.

Visitar outras cidades menos conhecidas e, não por isso, menos surpreendentes, pode tornar-se uma experiência inigualável. São pequenas localidades repletas de história e monumentos, como Úbeda e Baeza, em Jaén. Marcadas pela profunda herança andaluza e sob uma marca renascentista incomparável, ambas as cidades foram declaradas Patrimônio Mundial da UNESCO. Se visitarmos Cádis, também podemos mergulhar totalmente na cultura dos 19 municípios que fazem parte da Ruta de los Pueblos Blancos. Um percurso de sonho onde o branco das casas, que embeleza as ruas estreitas, contrasta com o verde intenso que nos proporcionam os pinheiros e sobreiros que as rodeiam.

Sierra de Grazalema.

E o facto é que são muitos os tesouros que a geografia andaluza alberga, assim, mais de 32% da sua superfície está sob alguma forma de protecção ambiental. Um exemplo claro da grande riqueza ecológica que nossa terra possui é Sierra Nevada. É uma formação de altas montanhas e neves de inverno que abriga os picos mais altos da Península, mas também belas lagoas de origem ancestral e uma fauna e riqueza botânica sem igual. Em sua margem sul, La Alpujarra dá espaço a regiões húmidas, um clima excepcional e praias maravilhosas onde pode-se passar um dia tranquilo e sossegado. O Deserto de Tabernas, em Almería, é outro dos lugares mágicos da Andaluzia, pois já foi palco de grandes filmes, como o blockbuster mítico Cleopatra, com Elizabeth Taylor, ou o western O bom, o Mau e o Vilão, estrelado por Clint Eastwood. Enquanto isso, no extremo oeste da Cordilheira Bética, esperam-nos os Parques Naturais Sierra de Grazalema e Alcornocales, que elevam-se inexpugnáveis em frente às águas do Estrecho, como uma parede gigantesca pontilhada de pequenas aldeias brancas e florestas com “duendes”.

Sierra de Cazorla, Segura y Las Villas, a segunda maior área natural protegida da Europa.

Outro dos paraísos naturais dignos de menção é a Sierra de las Nieves, o ápice do turismo ecológico e cultural. Sem esquecer o espaço natural por excelência: o Parque Nacional de Doñana. Um imenso pantanal onde coexistem algumas espécies únicas, como a águia imperial ibérica e o lince ibérico. Mas a lista de incríveis espaços naturais não acaba por aqui, alguns deles são reconhecidos como Reservas da Biosfera e outros como Geoparques, sendo a Andaluzia uma das regiões da Europa que os mais apresenta (Subbética, Sierra Norte, Cabo de Gata-Níjar e de Grenada). Há muitos outros, como o Parque Natural de Cabo de Gata, em Almería, cujas vistas conquistam todos os seus visitantes, pois, no horizonte, se pode admirar o fantástico panorama que a montanha nos oferece ao encontrar-se com o mar. A segunda maior área natural protegida da Europa é a Sierra de Cazorla, Segura y Las Villas, um paraíso verde onde nasce o Guadalquivir. Erguendo-se sobre a maior floresta humanizada do mundo, acima dos olivais de Jaén, o local é habitado por uma fauna muito representativa com especial destaque para as aves. Ao chegarmos à Sierra Morena, encontraremos o turismo sustentável e esportivo em sua forma mais pura. O GR48, um percurso cheio de vida, começa em Barrancos (Portugal) e Encinasola (Huelva) e percorre seis parques naturais e 581 km, até chegar a Santa Elena (Jaén). O som que domina em suas ravinas, prados e rios, ou o silêncio mais chocante, permitir-nos-á alcançar uma conexão plena com a natureza.

Caminito de Rey.

Para além das suas paisagens exuberantes, a Andaluzia pode orgulhar-se de ter um dos climas mais agradáveis da Península Ibérica. Os amantes do surf sabem que qualquer época do ano é boa para a prática de desportos náuticos, sendo Tarifa o paraíso desta modalidade. Os aventureiros que preferem optar por férias mais descontraídas, mas em contacto direto com a natureza, terão à sua disposição inúmeros percursos a pé. Entre os que se destacam está o Caminito de Rey, que atravessa a área natural Desfiladero de los Gaitanes, um impressionante desfiladeiro aberto pelo rio Guadalhorce; a Ruta del Agua de Guillena, uma caminhada espetacular repleta de reservatórios e pântanos; a imponente rede andaluza de trilhos de longa distância, como no caso do Bosques del Sur (Jaén) e da Gran Senda de Málaga; ou a ampla rede de caminhos sinalizados relacionados com o Caminho de Santiago na Andaluzia (Caminho Mozárabe, Vía de la Plata, etc.). Os mais intrépidos poderão também praticar ciclismo ao utilizar os trilhos habituais, como a famosa Ruta Transandalus, que oferece um percurso circular e periférico ao longo da geografia andaluza, ou os acelerados centros de BTT que se espalham por locais diversos como Sierra Nevada, Las Alpujarras, Sierra Norte de Sevilla-Alanís, Sierra Sur-La Pandera ou Alcornocales-Los Barrios. Junto com essas instalações, percursos totalmente equipados são oferecidos para todos os públicos, de forma que não apenas os profissionais poderão desfrutar desta rota natural, mas também as famílias o farão circulando por uma das Vias Verdes especialmente projetadas para ela: de Aceite (Jaén e Córdoba ), de Sierra (Sevilha e Cádiz), Sierra Norte (Sevilha) ou Almanzora (Almería).

Matalascañas.

E depois de um mergulho no coração da natureza, deixe-se seduzir pela costa andaluza. Praias intocadas, falésias grandiosas e pântanos cheios de vida pontilham o vasto litoral da Andaluzia. Entre eles estão alguns dos mais belos locais de Espanha, como a Playa de los Muertos, em Almería; a de Calahonda, em Motril; Matalascañas, em Huelva; ou a de Maro, em Nerja. Ainda poderás saborear alguns dos pratos mais característicos da cozinha andaluza em um oásis de areias douradas. Os mais populares são o gaspacho e o salmorejo, mas a costa oferece infinitas iguarias típicas dos dois mares, como o atum rabilho, o camarão branco de Huelva e o tinto de Garrucha, o choco, a urta, a lula de potera, a anchova vitoriana, o camarão e as coquinas ou os espetos de sardinha, que são tão únicos. Atualmente, muitos restaurantes na Andaluzia oferecem o “Menu do V Centenário”, uma simbiose das matérias-primas locais andaluzas, as técnicas mais vanguardistas e as especiarias e produtos que chegaram ao “Velho Continente” após a epopeia marítima de Magalhães e Elcano, para proporcionar aos comensais uma viagem de sabores. Um verdadeiro espetáculo! Sem subestimar, é claro, as “tapas”, o rico costume andaluz que se pode acompanhar com um manzanilla de Sanlúcar ou um bom vinho de Jerez, do fino ao cortao, ou com qualquer vinho das 9 Denominações de Origem Protegidas ou das 16 Indicações Geográficas Protegidas da Andaluzia, uma verdadeira excelência!

E quando a noite chega, não há plano melhor do que desfrutar do silêncio e contemplar o maravilhoso manto de estrelas que cobre o maior Destino Starlight do planeta. As Reservas Starlight de Sierra Morena e Sierra Sur (Jaén) fazem parte do grupo exclusivo de destinos que contam com esta certificação internacional e são a ponta de lança da extensa e magnífica oferta de astroturismo da nossa região. Estando protegidos da poluição luminosa, apresentam excelentes qualidades para nos proporcionar noites repletas de luz e plenitude, o que faz da Andaluzia o destino estrelado.

Visite a Andaluzia, uma escolha natural!

Escreva seu comentário

0 Comentários

O que você acha?