Cuba vista de outra perspetiva

Tudo aquilo que tens de saber antes de viajar a Cuba

0 comentários

Olá, sou o Logi! Se estás aqui não restam dúvidas de que tu e eu temos, pelo menos, um interesse em comum: o das viagens, seja para descansar, para se aventurar ou para trabalhar. Lembrei-me da famosa frase do estudioso marroquino Muhammad Ibn Battuta (25 de fevereiro de 1304 – 1368 ou 1369), que viajou durante 30 anos pelo mundo medieval “Viajar deixa-te sem palavras e depois converte-te num narrador de histórias”. Por isso decidi partilhar contigo as minhas experiências de viagem por intermédio deste lugar web da minha casa, que também é a tua casa: Logitravel.

Esta semana começarei por contar-te sobre uma das ilhas mais bonitas das Caraíbas: Cuba. Já dizia quem descobriu a América, Cristóvão Colombo “É aquela a ilha mais bonita que os meus olhos alguma vez viram”, expressão que deixou atribuída no seu Diário de bordo enquanto atravessava, precisamente, Cuba, a 25 de outubro de 1492.

La Habana

Existem razões de sobra para viajar a Cuba: as suas praias, a sua história, os seus edifícios coloniais, os seus carros tradicionais, os mojitos, os daiquiris, a salsa, o jazz… e muito mais… e ficarás a saber tudo neste blog!

O primeiro que deves saber é que é sempre a melhor altura para viajar a Cuba, mesmo que a temperatura média seja de 17ºC. Quando cheguei e comecei a caminhar pelas ruas de La Habana, senti borboletas no estômago, como quando estamos apaixonados. Fiquei impressionado com a luminosidade das suas casas pintadas recentemente e os rastos de arquitetura espanhola e francesa: terraços, varandas, colunas… Estas casas também se encontram em cidades como Baracoa, Cienfuegos, Santiago de Cuba y Trinidad. Uma maravilha!

Cores de Cuba

Sobre Trinidad, devo dizer-te que é o exemplo vivo da mistura entre o estilo colonial e as Caraíbas. A sua arquitetura singular (ruas em pedra, fachadas com portões de madeira, janelas com barras, varandas e telhados avermelhados) que remonta à metade do século XIX, é considerada uma das melhores jóias coloniais do continente americano, pelo que, em 1988 foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO. É impressionante!

Desde La Revolución (1953), em Cuba, práticamente nada mudou, nem sequer os carros, que está claro, constituem um dos principais atrativos turísticos deste país. Das coisas que mais desfrutei foi de percorrer La Habana num “almendrón” – assim são conhecidos os carros antigos – que podes ver a circular em quase toda a ilha. Um plano para repetir!

Almendrón em La Habana

A história da minha viagem a Cuba fica cada vez melhor… Sol, brisa e mar, o que te parece? Efetivamente, é o momento de contar-te um pouco mais sobre os mais de 22 km de praia de águas cristalinas e areia branca de Varadero, o paraíso turístico de Cuba. Impossível resistir-lhe! Não é? Praias com uma grande oferta de hotéis que dispõem de todas as comodidades e praias virgens, como a Playa Paraíso e e praia do Cayo Jutías, perfeitas para sentires-te na plenitude, apanhar banhos de sol, desfrutar de um delicioso cocktail, ver o pôr do sol ou praticar mergulho. E fiz snorkling na Cueva de los Peces, na Bahía Cochinos, onde pude ver centenas de peixes de milhares de cores em águas transparentes, recomendo-te vivamente!

A fauna cubana inclui 57 espécies de peixes de água doce

Também não podes perder um dos melhores sunsets que poderás ver em toda a tua vida. Na Punta Gorda (Cienfuegos) ficarás a conhecer o que é o verdadeiro pôr do sol. Os cubanos dizem que ali se pode admirar os melhores sunsets da ilha, e eu também posso dar-te a certeza disso!

Pôr do sol em Cuba

Se queres conhecer o lado mais exótico de Cuba, Viñales é um Must. É uma das zonas mais verdes de Cuba, um vale cheio de cultivos de café e cana de açúcar, que poderás percorrer a cavalo ou de bicicleta. No final do percurso poderás tomar um banho numa piscina natural que parece de outro mundo. Super recomendo!

Viñales, Cuba

Não existem dúvidas de que tudo em Cuba é autêntico… tão autêntico como a sua gastronomia. A sua especialidade são os pratos à base de peixe, camarões e lagostas temperados com produtos, na sua maioria “bio”. Não podes ir embora de Cuba sem provar a roupa velha, os fríjoles negros cubanos, a picadilla de criolla e a yuca com molho. Que delícia!

Prato à base de lagostas

Y para os amantes da vida noturna, Cuba também é o seu destino. Os ritmos caribeños e a música africana ouvem-se práticamente em cada esquina da ilha, assim que não te pareça estranho que começes a dançar com o som da música, especialmente na Plaza de la Música em Trinidad, onde todas as tardes poderás desfrutar de shows de música ao vivo, enquanto tomas uma boa Cuba Libre ou um Mojito Cubano.

Plaza de la Música em Trinidad

Informação útil

  • Os cubanos são um dos maiores tesouros de Cuba, portanto não tenhas vergonha de interagir com eles.

  • Não te esqueças do teu seguro médico, é obrigatório.

Nos próximos días, outro destino me espera, e poderei contar-te que tal foi, porque o mundo inteiro está na minha lista de lugares para conhecer, espero que a tua também!

Se queres conhecer as ofertas da Logitravel e reservar a tua próxima viagem a Cuba, entra em www.logitravel.pt

Escreva seu comentário

0 Comentários

O que você acha?